Saúde

O Método 5P na reeducação do pavimento pélvico

Método 5P: uma ferramenta dinâmica e de eficácia comprovada, criada por Chantal Fabre-Clergue.

  • Reeducação Postural ProPriocePtiva Perineal: nestas quatro palavras encontramos 5 vezes a letra “P” e consequentemente o “segredo do sucesso” do Método 5P, uma ferramenta dinâmica e de eficácia comprovada, criada pela parteira e sexóloga francesa, Chantal Fabre-Clergue.

    Para dar a conhecer um pouco mais sobre este método inovador, a Fisioterapeuta Begoña Brea, especialista em pavimento pélvico, esclarece algumas questões sobre o Método 5P na reeducação da postura e reabilitação do pavimento pélvico.

     

    Em que consiste o método 5P e quais os benefícios provenientes da sua prática?

    Consiste num método proprioceptivo para o tratamento dos músculos perineais e das disfunções do pavimento pélvico através da postura. Utiliza o pé como via de entrada de informação sensorial, possibilitando o ajuste de pequenas regulações posturais que, por sua vez, irão estimular as fibras tónicas perineais permitindo a sua activação e tonificação.

    Através deste método, é também possível tratar os músculos abdominais e reequilibrar as tensões musculares de todo o corpo, principalmente ao nível do diafragma e músculos do pavimento pélvico. Permite gerir de forma eficaz a pressão intra-torácica e intra-abdominal, que muitas vezes se encontram aumentadas, estando assim na base de muitas disfunções seja do diafragma torácico ou pélvico.

    Para que tipo de pacientes é indicado e quais as disfunções do pavimento pélvico que podem beneficiar com a sua prática?

    É apropriado para todos os pacientes, tanto homens como mulheres, e é um método totalmente complementar com outras técnicas reeducativas.

    Está indicado para disfunções como a incontinência urinária, incontinência anal, hipotonia e hipertonia perineal, prolapso pélvico, vaginismo, obstipação, prostatectomizados, síndrome miofascial pélvico, entre outras.

    Existe alguma contraindicação da prática deste método?

    Não existe qualquer contra-indicação associada à utilização deste tipo de prática proprioceptiva, não obstante a dificuldade em realizar os exercícios por parte de pacientes com patologia importante do joelho ou tibio-társica. 

    Para além do Método 5P, que outra técnica normalmente utiliza em consulta de uroginecologia e obstetrícia?

    Podem ser utilizadas outras técnicas de terapia manual, técnicas miofasciais, cadeias musculares, posturologia neural sensitiva, biofeedback, terapia comportamental, método Niromathe… diversas técnicas que dependem consoante a patologia e o paciente.

    A prevenção é um aspecto fundamental para a saúde do pavimento pélvico e para evitar futuras disfunções. Pode o Método 5P ajudar nesta prevenção?

    Claro, o Método 5P estimula o próprio paciente a (re)descobrir os seus músculos perineais, contribuindo para a prevenção de disfunções desta musculatura ao incentivar a prática regular dos exercícios proprioceptivos. É ainda aconselhado para atletas e indivíduos em processo de treino físico, de forma a evitar os malefícios associados a actividades de alto impacto, que tendencialmente geram aumentos bruscos de pressão no pavimento pélvico.

    Quanto tempo e com que frequência pode ser realizado?

    Não existe um protocolo específico, uma vez que enquanto método proprioceptivo, quanto mais praticado mais benefícios trará. É composto por três exercícios: os dois primeiros devem ser executados pelo tempo mínimo de 20 minutos, por forma a sentir algum efeito. Porém, pelo contrário, o terceiro exercício deve ser realizado num máximo de 5 minutos, para não cansar demasiado o músculo.

    O paciente pode utilizar o tronco em sua casa?

    O paciente deve levar o tronco para sua casa, para que possa realizar uma auto reeducação e, deste modo, potenciar os benefícios resultantes de outras técnicas utilizadas durante a consulta, à parte dos próprios benefícios que se obtêm com a prática do método 5P.

Partilha este artigo

Share to Facebook Share to Twitter Share to Google + Share to Mail

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!