Saúde

Osteopatia pediátrica diminui o tempo de internamento em prematuros

Normal funcionamento do sistema gastrointestinal é essencial para o aumento de peso dos recém-nascidos

O estudo (1) avaliou, entre 2005 e 2008, 350 recém-nascidos, dos quais 162 receberam o tratamento osteopático em simultâneo com tratamento convencional. O tratamento foi realizado duas vezes na semana, durando cada sessão cerca de 20 a 30 minutos, durante os 14 primeiros dias após o nascimento.


Analisado o tempo de permanência na unidade de cuidados intensivos neonatais versus a função gastro-intestinal (número de episódios de vómito, regurgitamento e refluxo gástrico), os autores verificaram uma diminuição significativa do tempo de internamento e do número de recorrência dos sintomas gastrointestinais.  

Atendendo que o normal funcionamento do sistema gastro-intestinal é essencial para o aumento de peso que, consequentemente, está intimamente relacionado com o tempo de internamento hospitalar, é possível concluirmos que as técnicas de terapia manual utilizadas pela osteopatia podem ser incluídas na abordagem ao recém-nascido. 

Fonte:

PIZZOLORUSSO, G. ET AL. EFFECT OF OSTEOPATHIC MANIPULATIVE TREATMENT ON GASTROINTESTINAL FUNCTION AND LENGTH OF STAY OF PRETERM INFANTS: AN EXPLORATORY STUDY. CHIROPRACTIC & MANUAL THERAPIES. 2011.

Partilha este artigo

Share to Facebook Share to Twitter Share to Google + Share to Mail

Cursos Relacionados

Osteopatia Pediátrica

15 Nov - 18 Nov 2018 36h Lisboa

Osteopatia Pediátrica

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!