Saúde

VANTAGENS DO PARTO NATURAL NO DESENVOLVIMENTO DO SISTEMA IMUNITÁRIO

  • As bactérias vaginais da mãe que cobrem o corpo do bebé no parto natural são saudáveis, ajudam na alimentação e propiciam um bom desenvolvimento do sistema imunológico do bebé. Na cesariana, as bactérias que colonizam o bebé são fundamentalmente as da pele da mãe e outras habituais dos hospitais, sendo portanto menos saudáveis e até potencialmente prejudiciais para o bebé.

     

    Via do nascimento pode ter influência no desenvolvimento do sistema imunitário do bebé

    Parece que a via do nascimento pode ter influência no desenvolvimento do sistema imunitário do bebé, devido às bactérias que colonizam inicialmente o recém-nascido.

    Num estudo recente, demonstrou-se que as bactérias da pele, nariz, boca e recto dos recém-nascidos por cesariana são claramente diferentes das que aparecem nos recém-nascidos por parto natural.

    Outras investigações já tinham sugerido que os nascidos por cesariana pareciam desenvolver alergias, asma e outras doenças associadas ao sistema imunitário com mais facilidade

    Este novo estudo, publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), explica a colonização inicial do bebé pelos micróbios, e como isto afecta o sistema imunológico, a extracção de nutrientes a partir dos alimentos ou a ter ou não mais micróbios nocivos.

    Os nascidos naturalmente possuem muitos Lactobacillus, provenientes da vagina da mãe, que ajudam na digestão do leite, junto com uma mistura de bactérias muito específica de cada mãe. Os nascidos por cesariana, pelo contrário, são colonizados inicialmente por um conjunto de bactérias genéricas e potencialmente prejudiciais, como Staphylococcus eAcinetobacter, típicas da pele da mãe e também habituais nos hospitais.

    Esta colonização inicial, que rapidamente se expande, vai determinar a população bacteriana inicial do individuo, influenciando também no desenvolvimento do sistema imunológico da criança.

    Este estudo vai permitir avançar na compreensão do desenvolvimento inicial do sistema imunológico nos bebés, podendo assim ajudar a determinar as melhores práticas clínicas no sentido de propiciar o desenvolvimento de um ecossistema microbiano mais saudável no bebé. Portanto, mesmo sendo a cesariana muitas vezes medicamente indispensável, ou muito recomendada, também tem os seus inconvenientes, sendo mais saudável para o recém-nascido o parto vaginal.

    Fonte: Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America (PNAS)

     

    Curso sugerido:
    OSTEOPATIA GINECOLÓGICA E GESTACIONAL | Formador: Marco Mastrillo

Partilha este artigo

Share to Facebook Share to Twitter Share to Google + Share to Mail

Newsletter Fica a saber tudo para seres cada vez melhor. Regista-te aqui!